MDS e Fundação BB vão construir 60 mil cisternas no semiárido

31/01/2012 09:53:41    Fonte: ASCOM

Parceria foi assinada no Fórum Social Temático, em Porto Alegre, e conta com investimentos de R$ 120 milhões. Iniciativa faz parte do Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Água e integra o Plano Brasil Sem Miséria.

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e o presidente da Fundação Banco do Brasil assinaram no dia (27), em Porto Alegre, acordo para construção de 60 mil cisternas no semiárido brasileiro, com investimentos de R$ 120 milhões. As propostas devem ser encaminhadas até o dia 27 de fevereiro para a Fundação Banco do Brasil. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Água - Água para Todos, instituído pelo Decreto 7.535, de 26 de julho de 2011, e integra o Plano Brasil sem Miséria. O programa tem como meta a promoção do acesso à água potável para consumo humano e para a produção agrícola e alimentar. Uma das principais ações previstas é a reaplicação da tecnologia social de cisterna de placas, construída para armazenar águas pluviais. O público alvo da ação envolve 750 mil famílias de baixa renda, situadas na zona rural do semiárido, sem acesso ao fornecimento de água e agrupadas em um total de 181 microrregiões. A ministra destacou que a parceria é representativa dentro das ações do Brasil Sem Miséria, porque a falta de água representa a face mais dura da pobreza. "A cisterna é um modelo de tecnologia social exemplar, de grande importância, voltada para as famílias extremamente pobres sem acesso a agua, que recolhe a água da chuva, portanto é uma medida sustentável do ponto de vista ambiental", explicou a ministra. Cisterna de placas é um reservatório cilíndrico, construído próximo à casa da família, com capacidade de armazenar até 16 mil litros de água da chuva captados do telhado – suficiente para suprir a necessidade de consumo básico de uma família de cinco pessoas por até oito meses. Essa tecnologia foi criada por agricultores da região semiárida brasileira. O Fórum Social Temático é preparatório à Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio + 20, que ocorrerá em junho, no Rio de Janeiro. Depois da assinatura, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, presidente da Fundação Banco do Brasil e o professor do Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS) da Universidade de Brasília (UnB), participaram do debate sobre os 10 Pontos para uma Plataforma da Tecnologia Social na Rio+20”, na Faculdade de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). (Fonte: MDS)

Palavras-Chave: MDS,e,Fundação,BB,vão,construir,60,mil,cisternas,no,semiárido



Última atualização: 15/02/2019 18:39